sexta-feira, 17 de julho de 2009

...

"'Eu não posso acreditar nisso!', disse Alice.
'Não pode?', disse a Rainha com pena. 'Tente de novo: respire profundamente, e feche os seus olhos'.
Alice riu. 'Não tem qualquer sentido tentar', disse ela: 'não se pode acreditar em coisas impossíveis'.
'Eu ouso dizer que você não tem muita prática', disse a Rainha. 'Quando eu era da sua idade, sempre praticava meia hora por dia. Algumas vezes cheguei a acreditar em seis coisas impossíveis antes ainda do café da manhã.'"
Lewis Carrol, Alice do outro lado do espelho

2 comentários:

Isabela disse...

Este texto me lembra você (óh que coisa!), mas eu nunca sei o que você quer expressar quando o diz (escreve).
beijo!

Mateus Orio disse...

Finalmente descobri o que isso quer dizer afinal!