quarta-feira, 18 de março de 2009

Ninguém é uma ilha

Hoje tive a melhor aula de Língua Portuguesa do ano. Isso porque a professora oficial ficou doente e uma substituta foi (e vai até o fim da semana) nos dar aulas.
De início ela entrou no primeiro horário, só que entrou na sala errada... Para a infelicidade geral da nação (2º E, é claro), porque era aula do Bruno, professor de Química. Pois bem, voltando à Língua Portuguesa, ela foi nos reexplicar 'Figuras de Linguagem', matéria boa de estudar, por n motivos. Participei mais do que o normal da aula, fui ao quadro escrever um exemplo de metáfora (o mais fácil, eu sei!)... Ao final da aula, a substituta nos disse: "Façam uma dissertação com o tema: 'Ninguém é uma ilha', e me entreguem amanhã ". Todos discutimos sobre isso, bastante até.
E fiquei pensando no que escrever o dia todo. Imaginei que escrever um conto sobre isso seria mais fácil... Mas estava tomando banho quando pensei isso, e depois perdi a linha do pensamento.

Quase sempre nem percebemos o quanto precisamos das pessoas, e o quanto as pessoas precisam de nós. Tem pessoas que nos surpreendem com gestos, palavras, abraços inesperados. E isso é uma das coisas que me deixa mais feliz. Demonstrações... Mas isso é outro assunto. Como eu já escrevi (em outro lugar) hoje, P R E C I S A R é um verbo bonito! Bonito porque envolve mais de um indivíduo, e isso gera comunicação, que se bem feita, gera afeto e que vai gerando outro sentimento e mais outro e o que é melhor: estes sentimentos variam, e jamais sentimos a mesma coisa por duas pessoas. São gostos diferentes, conversas diferentes, amigos e amores diferentes... Eu preciso de muitas pessoas, e grande parte delas sabe disso. Eu sei que precisam de mim também, e eu estou aqui, precisando e "sendo precisada" sempre.

Boa Noite gente. :*

3 comentários:

Lisbelisa. disse...

Precisar,apoiar,caminhar junto, estender a mão,abraçar, dedicar, esperar...tantas terminações em ar..tantos verbos que quando praticados fazem tão bem!
Tudo isso é sinônimo de Precisar:de quem precisa para com quem ajuda e vice-versa.
Não posso me esquecer do sorriso que é uma bela maneira de alegrar alguém,quando alguém PRECISA!
Beijo!

Mateus Orio disse...

Agora fiquei confuso. O Gessinger não diz que "Todo mundo é uma ilha", kkk brincadeira.
Neste mundo globalizado não existem ilhas mesmo.
Mas é o mesmo mundo globalizado que nos faz precisar querer sempre nos aproximarmos de ser ilha. (Quantos verbos) Pois devemos sempre depender menos das pessoas, ou melhor, devemos ser cada vez mais independentes ou polivalentes.
E de fato precisamos cada vez mais, porque cada vez mais nos distânciamos das proteções e nos aproximamos do mundo. Talvez isso queira dizer então que o mundo nos faz querer nos aproximármos das pessoas. Talvez não. Talvez isso seja apenas o que eu sinto. Eu preciso cada vez mais de algumas pessoas, mas também cada vez menos de outras. Talvez seria como mudar de continente ou ilha. O difícil é achar uma comunidade, uma necessidade em comum, uma unidade de interesses e por isso é mais difícil fazer amigos. E por se ter menos amigos nos apoiamos mais fortemente nos poucos que temos. E vamos juntos lutar pelos interesses em comum.

Ana Clara disse...

Que legal :) não tinha pensado nesse significado de "precisar" e achei lindo! Eu preciso de você, Záza! :*