sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Limítrofe

Novas peças, blocos, degraus, cores, sabores, gestos.
Nunca me senti tão bem em ser desafiada em alguns pontos. Nunca me senti tão saudável dessa forma, antes tudo parecia ser tão igual, agora é dissemelhante, próspero e adverso. E eu gosto.
Mas "por ser tão pequena, só tem lugar para um sentimento de cada vez".

É pra ficar subentendido e confuso mesmo.
Oi blog! :)

2 comentários:

Isabela disse...

E se essas coisas subentendidas te deixaram feliz então está tudo certo! Seja muito bem vinda, Ana Clara... minha parceira. Beijo.

Metalico disse...

Ok, conversei um pouco com o Aurélio, mas ele também não soube me dizer o significado do título desse blog.
Huhu
Beiju